Sexta Selvagem: Mariposa-Leopardo

por Piter Kehoma Boll

Eu cresci numa casa com um quintal grande cheio de árvores e outras plantas perto de vários pequenos fragmentos florestais. Como resultado disso, mariposas sempre foram visitantes muito comuns à noite, especialmente durante os meses mais quentes. Uma que sempre chamou minha atenção é uma mariposa com um belo padrão nas asas.

Esta é a bela mariposa que chamou minha atenção quando criança. Este espécime foi fotografado no estado do Rio Grande do Sul, Brasil, perto de onde cresci. Foto de Jhonatan Santos.*

Apenas recentemente descobri que seu nome é Pantherodes pardalaria, chamada apropriadamente de mariposa-leopardo. Suas asas possuem um fundo amarelo marcado com várias manchas cinza-metálicas com um contorno preto e um centro preto. Realmente lindo! Um padrão similar é encontrado em todas as espécies do gênero Pantherodes, sendo esta a característica que mais claramente define o gênero.

Mariposa-leopardo na Bolívia. Foto do usuário shirdipam do iNaturalist.*

A mariposa-leopardo ocorre do México até a Argentina e é muito comum no sul do Brasil. Ela pertence a uma das famílias mais diversas de mariposas, Geometridae, caracterizada pela lagarta, chamada mede-palmo, que caminha como se estivesse medindo o chão, de onde o nome Geometridae (a partir do gênero-tipo Geometra, “medidora da terra”).

Mariposa-leopardo no sul do México. Foto de Roberto Pacheco García.*

Não fui capaz de encontrar muita informação sobre a mariposa-leopardo, no entanto. Suas lagartas parecem se alimentar de urtigas (família Urticaceae). No México, as lagartas desta espécie eram historicamente ingeridas como alimento pelos astecas e consideradas um alimento de grande valor, e a prática pode ainda acontecer em alguns grupos humanos.

E isso é tudo que eu consegui. Apesar de ser linda e facilmente notada, a mariposa-leopardo é mais uma espécie pouco conhecida.

– – –

Mais borboletas e mariposas:

Sexta Selvagem: Borboleta-88 (em 7 de setembro de 2012)

Sexta Selvagem: Pingos-de-prata (em 15 de abril de 2016)

Sexta Selvagem: Zigena-de-seis-pontos (em 26 de agosto de 2016)

Sexta Selvagem: Mariposa-luna (em 12 de julho de 2019)

– – –

Curta nossa página no Facebook!

Siga-me (@piterkeo) no Twitter!

– – –

Referências:

Biezanko CM, Ruffinelli A, Link D (1974) Plantas y otras sustancias alimenticias de las orugas de los lepidopteros uruguayos. Revista do Centro de Ciências Rurais 4(2): 107–148.

Pitkin LM (2002) Neotropical ennomine moths: a review of the genera (Lepidoptera: Geometridae). Zoological Journal of the Linnean Society 135(2–3): 121–401. doi: 10.1046/j.1096-3642.2002.00012.x

Ramos-Elorduy J, Moreno JMP, Vázquez AI, Landero I, Oliva-Rivera H, Camacho VHM (2011) Edible Lepidoptera in Mexico: Geographic distribution, ethnicity, economic and nutritional importance for rural people. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine 7: 2. doi: 10.1186/1746-4269-7-2

– – –

*Creative Commons License Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons de Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Arquivado em Entomologia, Sexta Selvagem, Zoologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s