Arquivo da categoria: Caranguejos

Sexta Selvagem: Maria-bailarina

por Piter Kehoma Boll

Correndo delicadamente na ponta dos pés como uma bailarina, nosso primeiro crustáceo da Sexta Selvagem vem da costa do Pacífico das Américas e é conhecido em inglês como “sally lightfoot”, o que decidi adaptar como “maria-bailarina” em parte como referência a outro caranguejo, a maria-farinha. Cientificamente ela é conhecida como Grapsus grapsus, um nome que soa como algo mordiscando, ou agarrando, como se tivesse a intenção de representar suas garras grandes e sua boca pequena trabalhando juntos para raspar as algas das praias rochosas que habita.

Uma maria-bailarina nas Ilhas Galápagos. Foto de A. Davey.* (flickr.com/photos/adavey/)

Uma maria-bailarina nas Ilhas Galápagos. Foto de A. Davey.* (flickr.com/photos/adavey/)

A maria-bailarina é encontrada nas costas do Pacífico das Américas do México até o norte do Chile, nas ilhas Galápagos e em várias ilhas do Atlântico ocidental, tal como as ilhas do Caribe e o arquipélago de São Pedro e São Paulo no Brasil. Os espécimes do pacífico geralmente chegam a 80 mm ou mais de comprimento, enquanto aqueles na Ilha de São Paulo são menores, atingindo cerca de 70 mm. Os machos são ligeiramente maiores que as fêmeas.

Como a maioria dos caranguejos, a maria-bailarina é um detritívoro, alimentando-se de animais mortos e outros detritos, mas parece ser primariamente um herbívoro, se alimentando de algas que raspa (graps graps graps…) das rochas. Ela também pode, eventualmente, capturar pequenos animais, e há registros de espécimes tendo uma relação como limpadores com iguanas-marinhas nas Ilhas Galápagos, raspando carrapatos (graps graps graps…) da pele das iguanas.

– – –

Referências:

EOL, Encyclopedia of Life. Sally Lightfoot Crab. Disponível em: < http://eol.org/pages/1021865/ >. Access em 6 de maio de 2016.

Freire, A. S.; Pinheiro, M. A. A.; Karam-Silva, H.; Teschima, M. M. 2011. Biology of Grapsus grapsus (Linnaeus, 1758) (Brachyura, Grapsidae) in the Saint Peter and Saint Paul Archipelago, Equatorial Atlantic Ocean. Helgoland Marine Research, 65 (3): 263–273.

Wikipedia. Grapsus grapsus. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Grapsus_grapsus&gt;. Acesso em 6 de maio de 2016.

– – –

*Creative Commons License
Esta imagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons de Atribuição 2.0 Genérica.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Caranguejos, Sexta Selvagem