Sexta Selvagem: Salgueiro-Ártico

por Piter Kehoma Boll

Quando ouvimos a palavra “salgueiro”, a imagem que vem à mente é de uma bela árvore como o salgueiro-chorão e o salgueiro-branco. O gênero Salix, no entanto, inclui centenas de espécies, e algumas são bem diferentes de um salgueiro-chorão.

Uma destas espécies peculiares é Salix arctica, o salgueiro-ártico. Como seu nome sugere, o salgueiro-ártico cresce bem ao norte no mundo, na região ártica. Ele é, de fato, a planta lenhosa mais setentrional do mundo, ocorrendo na Eurásia e na América do Norte. Sua distribuição se estende além da chamada linha das árvores, que marca o limite norte em que árvores conseguem crescer. Como resultado, apesar de ser um salgueiro, o salgueiro-ártico não é uma árvore. Na verdade ele é tão pequeno que até chamá-lo de arbusto é esquisito.

Salgueiro-ártico crescendo no Canadá. Foto de Zack Harris.*

O salgueiro-ártico vive como uma planta rasteira, crescendo bem perto do chão e geralmente atingindo até 15 cm de altura, apesar de poder chegar a 25 cm em locais mais quentes e, em alguns casos excepcionais, a 50 cm. Ele possui folhas pequenas e pilosas e, como todos os salgueiros, flores masculinas e femininas ocorrem em plantas separadas, isto é, o salgueiro-ártico é uma espécie dioica.

Amentos femininos bem pilosos com os pistilos vermelhos claramente visíveis. Foto do usuário mayoung do iNaturalist.*

As flores são arranjadas na típica inflorescência do tipo amento que ocorre em salgueiros e outras árvores e são polinizadas por insetos. Amentos femininos são mais pilosos que os masculinos e possuem carpelos um tanto cônicos com um pistilo vermelho-escuro. Amentos masculinos possuem estames bem visíveis com anteras vermelhas que se tornam amarelas quando ficam cobertas pelo pólen que liberam.

Amento masculino com as anteras vermelhas. Foto do usuário ivyevergreen do iNaturalist.*

Apesar do pequeno tamanho, o salgueiro-ártico é uma planta muito importante em muitos aspectos. Ele é uma fonte de alimento importante, e às vezes a única, de muitas espécie árticas. Entre humanos, possui um papel central nas culturas Inuit e Gwich’in, sendo usado como combustível, medicamento e às vezes até mesmo como alimento.

Um espécime crescendo na Rússia. Foto de Елена Шубницина.*

O salgueiro-ártico pode viver mais de 80 anos e, como é uma planta lenhosa em um ambiente bem extremo, produz anéis de crescimento como uma árvore típica. Estes anéis recentemente se provaram uma boa fonte de dados climáticos sobre o Ártico.

– – –

Curta nossa página no Facebook!

Siga-me (@piterkeo) no Twitter!

Precisa de ajuda para preparar seu artigo científico? Fale com a A1 Assessoria em Produção Acadêmica. Oferecemos serviços de tradução, revisão, formatação e preparação de figuras a preços acessíveis! Nosso email: a1academica@gmail.com

– – –

Referências:

Kevan PG (1990) Sexual differences in temperatures of blossoms on a dioecious plant, Salix arctica: Significance for life in the Arctic. Arctic and Alpine Research 22:283–289. doi: 10.1080/00040851.1990.12002792

Schmidt NM, Baittinger C, Forchhammer MC (2006) Reconstructing century-long snow regimes using estimates of High Arctic Salix arctica Radial Growth. Arctic, Antarctic, and Alpine Research 38: 257–262. doi: 10.1657/1523-0430(2006)38[257:RCSRUE]2.0.CO;2

Schmidt NM, Baittinger C, Kollmann J, Forchhammer MC (2010) Consistent Dendrochronological Response of the Dioecious Salix arctica to Variation in Local Snow Precipitation across Gender and Vegetation Types. Arctic, Antarctic, and Alpine Research 42: 471–476. doi: 10.1657/1938-4246-42.4.471

Woodcock H, Bradley RS (1994) Salix arctica (Pall.): its potential for dendroclimatological studies in the high Arctic. Dendrocronologia 12: 11–22.

– – –

*Creative Commons License Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons de Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional

Deixe um comentário

Arquivado em Botânica, Sexta Selvagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s