Sexta Selvagem: Gorgulho-girafa

por Piter Kehoma Boll

Hoje vamos voltar a Madagascar, aquela bizarra ilha africana que briga com a Austrália pelo título de local mais bizarro na Terra. Nós já apresentamos um de seus habitantes, o baobá-de-Grandidier, e hoje mostrarei a vocês um besouro pequeno e incomum, o gorgulho-girafa, Trachelophorus giraffa.

Um gorgulho--girafa macho. Foto de Frank Vassen*

Um gorgulho–girafa macho. Foto de Frank Vassen*

A razão do nome desta criatura adorável é óbvia a primeira vista. O incomum longo pescoço provavelmente evoluiu por seleção sexual, já que ele é três vezes mais longo em machos que em fêmeas. Apesar de parecer algo muito inconveniente, o pescoço do gorgulho-girafa é na verdade útil em ajudar a rolar folhas para construir um ninho.

Medindo somente cerca de 2,5 cm de comprimento, ele é um animal consideravelmente popular em listas de criaturas esquisitas, mas infelizmente pouco é conhecido sobre sua história de vida e, como virtualmente todas as formas de vida da ilha, está ameaçado pela perda de hábitat.

– – –

Referências:

EOL. Giraffe Beetle. Disponível em: < http://eol.org/pages/621154/overview >. Acesso em 16 de maio de 2016.

Wills, C. (2010) The Darwinian Tourist: Viewing the World Through Evolutionary Eyes. Oxford University Press.

– – –

*Creative Commons License
Esta imagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons de Atribuição 2.0 Genérica.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Entomologia, Sexta Selvagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s